São Paulo Abandonada


Como toda paulistana que se preze, cresci ouvindo os "causos" da cidade. Desde pequena eu tinha um interesse quase exagerado pela São Paulo antiga. Vasculhava em livros antigos (a biblioteca era meu lugar favorito para fazer lição de casa) qualquer vestígio sobre o passado de São Paulo. Queria saber como eram os costumes, como as pessoas se vestiam, como eram as casas das décadas passadas.
Quando me tornei adolescente, não mudou muita coisa. Só troquei a biblioteca pelo Centro Cultural Vergueiro, onde eu passava horas e horas diante dos microfilmes, consultando jornais antigos (lendo, entre outras coisas, os obituários - coisa que faço até hoje).

No começo deste ano descobri um projeto chamado São Paulo Abandonada. Trata-se de uma iniciativa de Douglas Nascimento (fotógrafo) e Gláucia Garcia (historiadora). Eles saem por aí, com suas câmeras em punho registrando imóveis históricos e tradicionais de São Paulo, infelizmente deteriorados por falta de conservação.
O trabalho deles é acima de tudo uma denúncia, um grito contra o desrespeito à memória.

Através do site, os internautas também podem contribuir, enviando suas fotos-denúncia. Para quem ficou curioso, basta acessar o site do São Paulo Abandonada e ver as centenas de fotografias em exposição (todas divididas por bairros). Vale a pena.

2 comentários:

Santinha disse...

Adorei conhecer o projeto. Também sou fascinada desde menina pelas construções, ruas, vilas e becos da cidade.
Quando eu era garota minhas amigas diziam que só eu olhava para cima (já naquela época eu reclamava dos prédios abandonados no centro da cidade e dos emaranhados de fio por cima).
Adorei saber...tenho umas fotos bem legais e vou enviar.
bj

Josy Marmello disse...

Que bom que gostou Santinha. Manda suas fotos sim, o pessoal publica. O São Paulo Abandonada também tem o grupo no Flickr, onde as fotos também são devidamente creditadas aos seus autores.
Adorei sua visita, viu? Passe por aqui mais vezes, a porta está aberta!
Beijos!

Blog Widget by LinkWithin