Reaquecer o amor? Como?

Taí uma boa pergunta. Alguém por acaso tem a resposta?
Vou ser bem sincera, não vou brincar de Revista Nova (que por sinal, de uns 10 anos pra cá, só sabe publicar "manuais" de sexo - às vezes penso que são tutoriais de grande valia para quem deseja se profissionalizar... se é que vocês me entendem...), até porque algumas coisas não se ensinam; é preciso aprender na prática - e às vezes dói (já pensaram bobagem, né?).
Os anos passam, a convivência diária traz com ela a rotina e aquele "fogo" do começo já não é tão constante. Isso é inegável, é real! Mas o que fazer para não deixar que tudo esfrie e culmine no "The End"?
Falo depois de 3 divórcios (apesar disso acredito no amor verdadeiro mas, posso falar sobre rotina e fim de relacionamento - o tal conhecimento de causa) e um atual relacionamento estável (muito gostoso há 1 ano e 7 meses). Não vivo em Lua de Mel constante; de vez em quando um dos dois dorme no sofá (muito fofinho por sinal) - o "ficar de bem" é a melhor parte: aquele sorriso que escapa, os corpos que se aproximam e aí já sabe... (podem pensar bobagem...).
Mulher é chata, é complicada, eu assumo! Minhas amigas homossexuais que me desculpem mas eu não tenho a menor paciência com mulheres e talvez por isso eu seja heterossexual assumida.
Com homens tudo é mais simples: eles não debatem tanto quanto nós. Um "tá bom" encerra o assunto (ainda que nós, mulheres insistamos em dar a última palavra). Para eles, o monólogo feminino uma hora acaba e a vida segue...
Reclamamos muito (da toalha molhada no lugar errado, da jaqueta jogada no sofá, dos livros fora do lugar, do copo "esquecido" em cima da mesa, etc, etc, etc...) mas já imaginou quantas manias chatas nós temos? Faça uma lista mental das suas reclamações diárias.
Alguém tem de ceder mas que essa tarefa não recaia somente sobre um dos dois. Procurem um ponto de equilíbrio, abra mão de algumas manias - isso vale também para o bonitão que pensa que a mulher tem obrigação de sentir o cheiro o Marlboro dele impregnado nos cabelos, na pele, nas roupas (ser casada com um cinzeiro não deve ser fácil...).
Não adianta ir a uma sex shop e comprar aquela fantasia bizarra de cachorra vira-lata do abrigo de animais (com rabinho e orelhinhas) - geralmente os homens ficam envergonhados quando se deparam com esse tipo de coisa e aí já sabe... (podem pensar besteira...). O sexo com prazer é consequência de um dia-a-dia de convivência gostosa (por exemplo, a gentileza do começo do namoro pode ser cultivada - ou é muito difícil?).
Eu sei que muitas chegam em casa cansadas mas que tal um banho gostoso a dois antes de dormir? Hein?



1 comentários:

Chubby disse...

PIROU ENTÃO COMENTE adorei, enfim... adorei os seus posts, e esse aqui principalmente, não sou muito dessas coisinhas mais gostei das suas dicas e adorei o seu blog ! Sucesso. Beijos da Chubby!

Blog Widget by LinkWithin