Cozinha de Brinquedo

Sabe uma coisa que eu detesto? Discursinho feminista direcionado ao público infantil. Sério... tam mãe se recusando a dar cozinha de brinquedo de presente à filha como forma de "exorcizar o papel delegado à figura feminina na sociedade". Quanta neurose!

Brinquei sim de cozinha quando era menina e a-do-ra-va! Deu no que deu...
Minha Nossa Senhora da Cozinha Maravilhosa de Todas Nós! Aqui estão algumas que eu não ficaria nem um pouco brava em ganhar se fosse criança. Será que Papai Noel me atende?

2 comentários:

Nana disse...

Josy,

sabia quando eu tinha uns 22 anos, levantava a bandeira do feminismo sem saber o que rolava, até conhecer umas gurias que me deu medo, sai correndo rapidinho.
Cada coisa que lia e escutava, meu deus!
Olha hoje, sou apaixonada pela cozinha, é minha vida e foda-se essas mulheres que acham que precisam ser macho (desculpa o palavrão).
Eu trocaria tudo para poder fazer o que eu gosto do que aquentar cara feia e povo pentelho no trabalho, pior, ganhar uma miseria, pq o serviço feminino nunca foi reconhecido no mercado de trabalho.
Bjs

Téia disse...

Josy querida, concordo plenamente, que obsessão pelo feminismo, eu hem??? Ó, e ainda por cima desligado, ser cozinheira, chef e afins está super na moda, é uma profissão moderna...hehehe...Ó, esta cozinha está muito fôfa, também brinquei muuuito de comidinha e de cozinhar. Aliás, brincamos até hoje, né? Lindona, muito obrigada pelos votos de aniversário. Receba-os em dobro. Bj grande.

Blog Widget by LinkWithin