16 de Outubro - Dia Mundial da Alimentação (uma reflexão)


Caros leitores, vocês que me desculpem mas a imagem que ilustra o post do dia é, propositalmente, um tapa na cara de muitos (inclusive na minha) e serve para uma reflexão.

Em todo o mundo, cerca de 800 milhões de pessoas vivem em situação de insegurança alimentar. Isso significa que elas não têm acesso à alimentação saudável, de qualidade, em quantidade suficiente e de modo permanente.


A data é comemorada há 27 anos e lembra a criação da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO). Estamos vivendo um momento de crise econômica mundial, em que a ajuda aos bancos na Europa ultrapassa os 300 trilhões de Euros!


Sinceramente, hoje durante o meu café da manhã, ao ler os jornais e me deparar com paradoxos desse tipo, senti vergonha. Vergonha das minhas voltinhas aos centros gastronômicos, vergonha do glamour, dos banquetes, da balança, do desperdício...


Por falar em desperdício, acho uma vergonha que em nome da "segurança alimentar" algumas renomadas universidades de Gastronomia desse país não disponham de um Banco de Alimentos. São quilos e quilos de produtos descartados diariamente por não atenderem aos padrões estéticos aceitáveis para a apresentação de pratos durante as aulas práticas.


Peço aos ilustríssimos senhores dos corpos docentes dessas instituições que reavaliem alguns conceitos burocráticos e contribuam com a diminuição do sofrimento de tantos miseráveis desse país.


E vocês, estudantes de Gastronomia, contribuam! Organizem em suas universidades abaixo-assinados pedindo a criação de um Banco de Alimentos! Não sejam omissos diante do desperdício, não se contentem com o prazer da boa comida; lutem para que mais e mais pessoas tenham a oportunidade de saborear da vida, de uma maneira menos dolorosa!


1 comentários:

Ana Paula de Andrade disse...

querida amiga:

estou tocadíssima com sua publicação! você, que já passou pela mesma escola de gastronomia, sabe o tanto de comida que jogamos fora. pior é ter para quem oferecer - as nossas amigas que cuidam da limpeza das cozinhas - E NÃO NOS PERMITIREM! é um absurdo sem tamanho! como eles pedem para darmos o "devido valor ao alimento" se nos obrigam a descartar tudo aquilo que não for consumido na aula?

minha consciência anda pesada há tempos...

beijos e parabéns!
a cada dia mais surpreendente! superando-se em desenvoltura com a língua - ferina, `as vezes - e em sentimentos...

Blog Widget by LinkWithin